Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

04 DE OUTUBRO DE 2014

Publicado: Segunda, 06 de Outubro de 2014, 10h11 | Última atualização em Quinta, 20 de Dezembro de 2018, 21h22 | Acessos: 862

Clipagem ASCOM
Recife, 04 de outubro de 2014

 

:: Jornal do Commercio

Caderno C

Cinema

Mais um ano (another year, ING, 2010). De Mike Leigh. Com Jim Broadbent, Ruth Sheen. Cinema da Fundação – 14h40; 18h50; Drama. 12 anos.

Elas só transam no disco (BRA, 1983). De Ary Fernandes. Cinema da Fundação - 21H20.

Quando os  deuses adormecem (BRA, 1972). De José Mojica Martins. Cinema da Fundação – 17h10.

 

:: Folha de Pernambuco

Programa

Variedades

Pornochanchada e praga na Fundação

A Cinemateca Brasileira promoveu, entre maio e agosto, m São Paulo, as mostras "Heróis e Anti-Heróis" e "Fantasia no Cinema". A instituição abriu eu arquivo de cópias raras m 35mm e projetou diversos títulos. Destes, o Cinema da Fundação Joaquim Nabuco exibe hoje, em sessões únicas, “Quando os Deuses Adormecem” (1972), às 17h10, e "Elas ó Transam no Disco" (1983), às 0h20, de Ary Fernandes.

O primeiro é uma das raras sequências feitas pelo cinema brasileiro nos anos 1970. Dirigido por José Mojica Marins, o é do Caixão, "Quando os Deuses Adormecem" dá continuidade à história do personagem "Finis Hominis" (1971, do esmo Mojica). Finis é um isto de profeta e louco, que volta ao manicômio de onde fugiu no filme anterior.

No enredo, os deuses que regem o universo adormecem o Mal se instala na Terra, fazendo com que imagens e sons do mundo desordenado voltem a povoar a mente de Finis. Ele sai às ruas novamente para pregar a razão e visita uma favela, um terreiro e umbanda, um casamento e ciganos e sai em peregrinação, sempre convidando os homens a refletir sobre seus tos. Especialistas na obra do gênio do horror brasileiro registram que este é um dos ais inventivos e inacessíveis filmes de Mojica. À noite, o papo é outro. Vem FINIS HOMINIS (José Mojica Marins) volta ao mundo para salvá-lo do mal pelo alucinado roteiro de Ody Fraga, um dos grandes autores da Boca do Lixo, local que foi o epicentro paulista da produção de pornochanchadas nos anos 1970/80. "Elas só Transam no Disco" é nada menos que um filme erótico de ficção científica. A história divide-se entre uma equipe cinematográfica cujo diretor (Felipe Levi) tenta rodar um filme pornô em São Paulo e sofre com o boato de que um disco voador está aterrorizando a cidade.

 

Em paralelo, um delegado (Rubens Pignatari) vai investigar o caso do outro mundo, mas, frustrado por não conseguir ter relações sexuais coma esposa graças aos filhos brigões e a sogra implicante, ele fica irritado, atrapalhando mais do que ajudando a equipe do cineasta.

No final tudo é pretexto para Ary Fernandes mostrar diversas "transas" em situações tão absurdas que o efeito da excitação é suplantado pelo do humor. O riso é inevitável e em "Elas só Transam no Disco" é, na verdade, um exemplar perfeito do espírito que dominava a pornochanchada brasileira antes da triste chegada do sexo explícito aos cinemas do País, no início dos 1980. O filme, entre tantos da pornochanchada, merece revisão como uma obra que registrou o humor brasileiro com sua estética visual e discursiva própria, na qual o pudor sexual não era um problema na vida dos brasileiros.

 

Roteirão

Cinema

Quando os deuses adormecem/ De José Mojica Marins / Com Andréa Bryan, Amires Paranhos. Quando os deuses se recolhem para um repouso, as forças do mal aproveitam para subjugar a terra. O crime, a violência e o descalabro moral começam a imperar. Finis Hominis,o enviado dos deuses,chega a tempo de evitar o sacrifício de uma mulher. Cinema da Fundação: 17h10. 16 anos.

Elas Só Transam no Discos/ De Ary Fernandes/Com Rubens Pignatari, Felipe Levi. Dr. João, delega do que chega à delegacia para mais um dia de plantão,depois de uma noite cheia de problemas, quando nem mesmo conseguiu fazer amor com a sua esposa,encontra, para começar, o caso de um disco voador, que andou apavorando São Paulo durante a noite. Cinema da Fundação: 21h20. 18 anos.

Mais um ano /De Mike Leigh. Com Jim Broadbent, Ruth Sheen, Imelda Staunton. Quatro estações de um ano estabelecem as cores e o clima geral de um grupo de amigos em Londres, Inglaterra. Há o casal maduro, relativamente feliz,experientes com a vida,e seus conhecidos e amigos que freqüentam a casa deles,incluindo Mary, com 40 e poucos anos, masque age como uma garota de 20. Cinema da Fundação: 15h30, 18h. 12 anos.

:: Diário de Pernambuco

Viver

Cinema

Mais um Ano - 12 anos. Cinema da Fundação.  14h40, 18h50.

Quando os deuses adormecem - 16 anos.  Cinema da Fundação. 17h10

Elas só transam no disco – 18 anos. Cinema da Fundação. 21h20.

 

Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.