Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Cientista político da Fundaj debate os 50 anos do golpe de 1964

Publicado: Sexta, 28 de Março de 2014, 17h41 | Última atualização em Quinta, 20 de Dezembro de 2018, 21h14 | Acessos: 1096

Para marcar a passagem dos 50 anos do golpe civil-militar de 1964, as emissoras de rádios de Pernambuco estarão promovendo atividades que contam com a colaboração da Fundação Joaquim Nabuco. Nos dias 31 de março e 1 de abril, o cientista político Túlio Velho Barreto, pesquisador da Fundaj, participará de debates e dará entrevistas em três diferentes rádios sobre o tema.
Na segunda, dia 31 de março, o pesquisador da Fundaj estará no Programa Redator Comunitário, da Rádio Universitária FM, apresentado pelo radialista Roberto Souza, a partir das 6h30, da manhã. Como ocorre todas às segundas, sua entrevista será também repetida às 11h30 do mesmo dia.
Ainda na segunda, às 11h, participará de debate na Rádio Globo AM, com os jornalistas Suetoni Souto Maior e Vandeck Santiago, respectivamente editor de Política e repórter especial de política do Diario de Pernambuco. Já na terça, dia 1 de abril, a partir das 10h, estará no debate da Rádio JC News FM, que terá a participação de representantes da Comissão Estadual da Memória e Verdade e da Universidade Federal de Pernambuco.

Estudioso do tema em suas pesquisas na Fundaj, Túlio Velho Barreto é um dos organizadores e autores de dois livros sobre o período, Na Trilha do Golpe - 1964 Revistado e 1964 - O Golpe Passado a Limpo, ambos lançados pela Massangana/Fundaj, e A Nova República - Visões da Redemocratizacão, lançado pela Companhia Editora de Pernambuco.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.