Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > EDUCAÇÃO, GOVERNANÇA E SUSTENTABILIDADE > Revista Coletiva - 2ª Edição
Início do conteúdo da página

Revista Coletiva - 2ª Edição

Publicado: Quarta, 05 de Setembro de 2018, 11h32 | Última atualização em Quinta, 20 de Dezembro de 2018, 20h23 | Acessos: 885
No mês de agosto, a Coletiva, revista online de divulgação científica da Fundação Joaquim Nabuco, publicou sua 2ª edição das colunas mensais. Os temas abordados percorrem educação, política, questões socioambientais e arte. O conteúdo é diversificado e abrangente e os leitores continuam tendo acesso às edições anteriores.

Contribuindo com a coluna “Política e Cidadania”, Túlio Velho Barreto, sociólogo e pesquisador da Fundaj, assina o texto “Jornadas de Junho de 2013, um breve balanço cinco anos depois” e relembra esses movimentos que marcaram o Brasil, fazendo apanhado das suas causas e implicações. Na segunda edição da coluna “Diversidade Socioambiental”, a doutoranda em Sociologia e Antropologia pelo IFSC/UFRJ e analista ambiental do IBAMA, Karine Narahara, nos introduz ao universo do povo indígena Mapuche e às suas questões territoriais em “Lidando com as forças do mundo: petroleiras e o povo Mapuche na Argentina”. Em produção intitulada “Currículos em rede e devir”, Antônio Carlos Amorim, doutor em educação e professor na Unicamp, colabora com a coluna “Educação e Diferença e…”, ao suscitar importante discussão pela perspectiva do filósofo francês, Gilles Deleuze. Com o título “Bordas de uma exclusão visual”, a coluna “Arte e Sociedade” é atualizada por José Afonso Jr., pesquisador e professor em Comunicação pela UFPE. Sua escrita elucida as facetas documental e histórica da fotografia, ao recuperar o trabalho do mineiro Chichico Alkmim.

 

Não deixe de se atualizar, acesse coletiva.org e faça boas leituras!


coletiva

Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.