Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Artigos - João Suassuna > CENTENÁRIO DUPLO, artigo de Leonardo Sampaio
Início do conteúdo da página

CENTENÁRIO DUPLO, artigo de Leonardo Sampaio

Publicado: Terça, 01 de Setembro de 2020, 17h59 | Última atualização em Terça, 01 de Setembro de 2020, 17h59 | Acessos: 212

07/04/2020

Neste ano de 2020, celebram-se os centenários de nascimento de dois amigos fraternos: o Prof. Eudes de Souza Leão Pinto e o Prof. Yony de Sá Barretto Sampaio.

Ambos Professores da Escola Superior de Agricultura, da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Homens públicos, de comprovada experiência dirigente também na área empresarial, se destacaram pela luta em prol do progresso nordestino, brasileiro e internacional. A exemplo da redenção energética com a construção da usina de Paulo Afonso e Fundação da CHESF- Companhia Hidrelétrica do São Francisco, capitaneada pelo também professor da UFRPE e senador da República Apolônio Jorge de Farias Salles.

O Prof. Eudes, um dos 4 líderes eleitos internacionalmente como Rotarianos Exemplares, teve vida longa, falecendo em 2018, aos 98 anos de idade.

Foi Secretário de Agricultura, Indústria e Comércio de Pernambuco, vice-Ministro das pastas de Agricultura, Planejamento e Educação, e Presidente do Instituto Nacional de Desenvolvimento Agrário além de empresas privadas, como a Companhia Siderúrgica do Nordeste.

Fundador das Academias Pernambucana e Brasileira de Ciência Agronômica foi também Presidente vitalício das mesmas, além de Presidente Emérito da Associação Comercial de Pernambuco.

Foi homenageado por 3 Papas pelos seus trabalhos em pról da melhoria das condições de renda e vida dos produtores rurais e proposta de Pastoral Ambiental.

O Prof. Yony faleceu logo após completar 27 anos de idade e ser diplomado como deputado constituinte de 1946. Fundador e primeiro presidente da Associação dos Engenheiros-Agrônomos do Nordeste, dirigia os empreendimentos agrícolas do Grupo Sampaio. Sócio correspondente da Academia de Ciências do Peru, pioneira nas Américas, deixou legado contributivo para a organização social do trabalho no campo, o ensino e a administração de empresas agrícolas. É patrono das Academias Pernambucana e Brasileira de Ciência Agronômica.

Ambos foram homenageados pela Universidade Rural. O Prof. Eudes com a denominação do auditório da Biblioteca Central e Memorial. O Prof. Yony com a designação do Prédio das Engenharias e o Diretório dos Estudantes de Agronomia. Assim como nome de rua, pela Câmara de Vereadores do Recife.

Dos 5 filhos do Prof. Eudes, um formou-se em Agronomia e um em Veterinária. Dos 4 filhos do Prof. Yony, três formaram-se em Agronomia e foram professores universitários, inclusive da UFRPE.

Leonardo Sampaio é membro das Academias Brasileira e Pernambucana de Ciência Agronômica

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.