Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Ações do Ministério do Desenvolvimento Regional foram temática do InovaFundaj desta quarta-feira (28)
Início do conteúdo da página

Ações do Ministério do Desenvolvimento Regional foram temática do InovaFundaj desta quarta-feira (28)

Publicado: Quinta, 29 de Julho de 2021, 13h15 | Última atualização em Quinta, 29 de Julho de 2021, 13h18 | Acessos: 98

Live contou com explanação do Secretário Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, Tiago Pontes Queiroz

 

Em sua 17° edição, o webinário InovaFundaj apresentou o tema "Estratégias para o Desenvolvimento Regional e Produtivo no Brasil", nesta quarta-feira (28). A Diretoria de Formação Profissional e Inovação (Difor) da Fundaj realizou o evento por meio do canal da Fundaj no YouTube. Exibindo uma palestra do Secretário Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, Tiago Pontes Queiroz, a programação foi mediada pelo economista Ecio Costa.

“A pauta do desenvolvimento regional é discutida no Brasil todo, durante todo o ano”, iniciou o mediador Ecio. E a partir disso, ele ressaltou a importância de se entender melhor sobre o que tem sido feito pelo Governo Federal para o desenvolvimento da área. Não por acaso, o mediador foi escolhido, pois entende sobre a eficácia das políticas públicas. Além de já ter ministrado curso sobre elas, atualmente, é Coordenador Pedagógico e Professor da Pós Graduação em Economia e Desenvolvimento Regional da Fundação Joaquim Nabuco.

Logo o convidado começou a sua explanação. “O Ministério do Desenvolvimento Regional é relativamente novo e objetiva integrar regiões e levar desenvolvimento para os lugares mais distantes”, afirmou o secretário Tiago Pontes. Em seguida, para introduzir as ações realizadas, foram citadas as secretarias que compõem o Ministério: a de Desenvolvimento Regional e Urbano, de Habitação, de Proteção e Defesa Civil, de Segurança Hídrica e de Saneamento.

Ao apresentar a Nova Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR 2019), o secretário ressaltou que o objetivo principal das ações do Ministério é transformar as cidades que mais precisam, “nossa missão é diminuir as desigualdades sociais”, afirmou. Mas, além de desenvolver questões de abastecimento de água, saneamento e pavimentação de cidades menores, ele lembrou que os municípios desenvolvidos também têm necessidades e que também são atendidos pelo seu trabalho. “Precisamos entender o que funciona para cada região, reduzir desigualdades, enxergar possibilidades de crescimento e gerir tudo isso”, pontuou.

Como estratégias da nova PNDR, foram destacadas as de logística, distribuição e integração da política pública dentro dos ministérios. Um exemplo de ação prática citada foi a iniciativa “Rota do Cordeiro”, criada para potencializar as produções locais, por meio de um frigorífico incentivado pelo Governo. Outro exemplo citado foi a “Rota da Biodiversidade”, que investe na produção de cosméticos. “Essa, sempre preservando as riquezas naturais”, frisou Tiago.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.