Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Música e cultura em pauta no Sonora Coletiva do dia 29 de julho
Início do conteúdo da página

Música e cultura em pauta no Sonora Coletiva do dia 29 de julho

Publicado: Sexta, 23 de Julho de 2021, 15h34 | Última atualização em Sexta, 23 de Julho de 2021, 15h34 | Acessos: 136

O músico paulistano Maurício Pereira (ex-Os Mulheres Negras) é o próximo convidado do Sonora Coletiva para bater um papo sobre música e cultura no dia 29, quinta-feira, às 19 horas, no Canal multiHlab no YouTube (ProfSocio/Fundaj)

Na esteira da chamada “Vanguarda Paulistana”, que apresentou ao país, entre outros, Arrigo Barnabé e Itamar Assumpção, e as bandas Premeditando o Breque e Grupo Rumo, os músicos paulistanos Maurício Pereira e André Abujamra deram vida à icônica banda Os Mulheres Negras. De nome e sonoridade estranhas, diga-se de passagem, a banda radicalizou ainda mais o som e a teatralidade expostas pelos líderes daquele movimento. Em termos musicais e cênicos, finda a trajetória inicial da banda, que gerou dois álbuns seminais (Música e Ciência; e Música serve pra isso), Maurício Pereira não estacionou ali, naquela que é tida pelos economistas como a “década perdida”. Foi mais além e manteve a mesma verve musical e teatral nos anos seguintes. Desde então lançou vários álbuns solos, o último em 2018, Outono no Sudeste, recentemente relançado em vinil.

Essa história é o mote para o bate-papo com Maurício Pereira, que acontecerá na quinta- feira (dia 29), às 19h, com transmissão pelo Canal multiHlab, no YouTube, como parte das atividades do Sonora Coletiva, vinculado à revista Coletiva, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). Na ocasião, o músico paulistano conversará com os pesquisadores Allan Monteiro, Cristiano Borba e Túlio Velho Barreto, que vêm desenvolvendo atividades no Núcleo de Imagem, Memória e História Oral (NIMHO), do Centro de Documentação e de Estudos da História Brasileira (Cehibra), coordenado por pesquisadores da Fundaj, entre eles Sylvia Couceiro e Cristiano Borba, registrando depoimentos de músicos, compositores e pessoas que fizeram e trabalharam com música em Pernambuco no período de 1970 e 2000.

Mauricio Pereira tem sete discos solos gravados, entre vinis e CDs, todos distribuídos pela Tratore e disponíveis em streaming. Suas composições têm sido gravadas por artistas como Metá Metá e Maria Gadu, entre outros. Nos anos de 1980 criou a icônica banda Os Mulheres Negras com André Abujamra. Na década seguinte foi cantor do programa Fanzine, de Marcelo Rubens Paiva, na TV Cultura, e um dos pioneiros na internet, fazendo o primeiro show brasileiro ao vivo na rede. Faz palestras e oficinas sobre música, além de produzir conteúdo para cinema, teatro e imprensa. É também ator e locutor. Tem vários shows em cartaz, tanto os de seus discos autorais, quanto em parceria com artistas como Paulo Freire, Wandi Doratiotto, Arthur de Faria, Tim Bernardes (O Terno).

Saiba mais

SONORA COLETIVA​ é o canal experimental da revista eletrônica de divulgação científica COLETIVA, publicada pela Fundaj. Sediada no Recife, a revista disponibiliza dossiês temáticos com uma perspectiva de diálogo entre saberes acadêmicos e outras formas de conhecimento, prezando pela diversidade sociocultural e liberdade de expressão. É voltada para um público amplo, curioso e crítico. O projeto integra o ProfSocio, o multiHlab e a Villa Digital, envolvendo ainda as diversas diretorias da Fundaj.

Serviço:

LIVE – SONORA COLETIVA convida MAURÍCIO PEREIRA (músico e criador e ex- integrante da banda Os Mulheres Negras)

29 JULHO (quinta)

19h

Canal do MultiHlab no YouTube

Participação de Allan Monteiro, Cristiano Borba e Túlio Velho Barreto (Fundaj)

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.