Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > gePecH - Grupo de estudos e pesquisas em políticas, práticas e conteúdos curriculares em Humanidades na escola
Início do conteúdo da página

gePecH - Grupo de estudos e pesquisas em políticas, práticas e conteúdos curriculares em Humanidades na escola

Publicado: Segunda, 10 de Mai de 2021, 12h45 | Última atualização em Segunda, 14 de Junho de 2021, 13h11 | Acessos: 254

1. APRESENTAÇÃO

 

Link no Diretório de Grupos de Pesquisa CNPq: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/674851

Data de criação: 14 de abril de 2021

O gePecH - Grupo de estudos e pesquisas em políticas, práticas e conteúdos curriculares em Humanidades na escola - visa desenvolver estudos e pesquisas que discutem políticas educacionais e curriculares; análise e avaliação de materiais didáticos, práticas pedagógicas, conteúdos curriculares e processos de transposição didática entre os saberes científicos das Humanidades e os saberes escolares, com ênfase nas Ciências Sociais. Também, tem interesse em produzir e testar materiais didáticos, materiais instrucionais e práticas pedagógicas, inclusive para formação docente, baseadas no uso da pesquisa como princípio pedagógico, nos usos das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação e no estímulo à aprendizagem significativa.

 

2. LINHAS DE PESQUISA

 

2.1 Políticas de educação e currículo

Visa desenvolver estudos e pesquisas que discutem políticas educacionais e curriculares, olhando para as condições de oferta das Humanidades na escola, com ênfase nas Ciências Sociais.

2.2 Práticas de ensino e conteúdos curriculares

Visa desenvolver estudos e pesquisas que discutem a análise e avaliação de materiais didáticos, práticas pedagógicas, conteúdos curriculares e processos de transposição didática entre os saberes científicos das Humanidades e os saberes escolares, com ênfase nas Ciências Sociais. Também, tem interesse em produzir e testar materiais didáticos, materiais instrucionais e práticas pedagógicas, inclusive para formação docente, baseadas no uso da pesquisa como princípio pedagógico, nos usos das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação e no estímulo à aprendizagem significativa.

 

3. EQUIPE

 

Líder: Viviane Toraci Alonso de Andrade

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4924888150493601 

Pesquisadores:

Allan Rodrigo Arantes Monteiro

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/1931271777177136 

Cibele Barbosa da Silva Andrade

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/6934922524843836 

Joanildo Albuquerque Burity

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/1117978372756077 

Patrícia Bandeira de Melo

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4263428043620385 

Túlio Augusto Velho Barreto de Araújo

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/9216703099667476 

Mestrandos ProfSocio:

José Matheus Mariano dos Santos Silva

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/5184657108341069 

Rosilene Pereira da Silva

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/6500768610604311 

Técnicos (Bolsistas Facepe):

Jéssika Wanessa dos Santos Miranda

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/3325018199866472 

Karla Delgado de Arruda Reis

Matheus Bandeira

 

4. PESQUISA EM ANDAMENTO

 

O grupo foi homologado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq em abril de 2021. Inicia suas atividades incorporando o projeto de pesquisa “multiHlab: uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação no Ensino de Humanidades na Educação Básica”, o qual iniciou em 2019 tendo como objetivo desenvolver e aperfeiçoar práticas pedagógicas e conteúdos didáticos multimodais utilizando as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação para auxiliar o ensino das Humanidades na Educação Básica.

Como produção acumulada durante seus 2 anos de desenvolvimento, a pesquisa gerou diversos protótipos, contribuindo para a ampliação dos conhecimentos no campo do ensino de humanidades na escola e para as futuras pesquisas a serem propostas pelo gePecH.

Recurso didático – em desenvolvimento

Sociologia para mediação da relação entre violência urbana e trajetória escolar juvenil.

Por José Matheus Mariano.

Recurso didático – em desenvolvimento

Tecnologias digitais de imersão para o ensino de Sociologia no Novo Ensino Médio

Por Rosilene Pereira da Silva.

Recurso didático – em desenvolvimento

Site imageH – imagem e ensino de Humanidades

Construção e alimentação de site com o objetivo de divulgar acervos e conteúdos integrados que incentivem usos e reflexões sobre a imagem. Trazemos sugestões de conteúdos pautados em recursos imagéticos de modo a auxiliar a produção de conhecimento escolar e práticas didático-pedagógicas. Assim, buscamos criar um espaço de aproximação entre acervos visuais digitalizados e as reflexões oriundas dos estudos visuais ou da cultura visual, contribuindo, dessa forma, com novas ferramentas e possibilidades de aplicação das imagens no ensino de Humanidades. 

Coordenado por Cibele Barbosa e Viviane Toraci, com participação de bolsistas multiHlab e discentes ProfSocio/Fundaj.

Práticas pedagógicas realizadas:

Oficina de produção audiovisual na escola – “Filme-carta”

Coordenado por Viviane Toraci, com participação dos bolsistas multiHlab Jéssika Miranda, José Matheus Mariano, Rosilene Silva, Karla Delgado.

Relato de experiência apresentado no II Congresso Internacional de Humanidades Digitais, com gravação disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=0Da7Onko2jU&list=PLEAmIBEQzQtAjGPGsCl6RDh1Uq2kBR32t&index=2&t=3536s

Projeto de Gamificação na educação: “O Retorno de Cân”
Coordenado por Viviane Toraci, com participação dos bolsistas multiHlab Jéssika Miranda, José Matheus Mariano, Rosilene Silva, Karla Delgado e Matheus Bandeira.

Relato de experiência produzido na forma de blog como “Diário de uma gamificação”http://multihlab.com.br/blog/

Dissertação defendida:

O ensino de Sociologia e a pesquisa científica: um estudo de caso da experiência do Programa de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC/EM) da Fundação Joaquim Nabuco.

Por Jéssika Miranda

Disponível em: https://educapes.capes.gov.br/handle/capes/598011

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.