Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Artigos de pesquisadores da Fundaj sobre inovação social são aprovados no XXXI Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica 2021
Início do conteúdo da página

Artigos de pesquisadores da Fundaj sobre inovação social são aprovados no XXXI Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica 2021

Publicado: Sexta, 09 de Abril de 2021, 15h36 | Última atualização em Sexta, 09 de Abril de 2021, 15h36 | Acessos: 240

Evento ocorre remotamente nos dias 17 e 18 de maio

 

Dois artigos de pesquisadores do Núcleo de Inovação Social em Políticas Públicas (NISP), da Diretoria de Pesquisas Sociais (Dipes) da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) foram aprovados no XXXI Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica 2021. O evento será realizado no formato online nos dias 17 e 18 de maio e irá debater temas científicos na área de estudos em Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo.

Os artigos foram submetidos e aprovados no Tema "Inovação Social: Dimensões, Práticas e Transformações". Um deles é “Pandemia da Covid-19 e iniciativas de inovação social: um estudo sobre contribuições para programas sociais", de Higor Araujo de Almeida, aluno do PIBIC Fundaj, com orientação de Carolina Beltrão de Medeiros, pesquisadora da Casa e doutora em Administração.

A análise foi uma abordagem quali-quantitativa de dados do portal da transparência do governo sobre a relação entre a Covid-19 e o aperfeiçoamento de políticas públicas e programas governamentais existentes de inovação social. “Inovação social é um tema de pesquisa muito importante, principalmente para países em desenvolvimento, como o Brasil, que precisa de novas soluções para problemas ainda não resolvidos”, explica Carolina.

O outro artigo que será apresentado é "Percursos entre Educação e Inovação Social: uma Revisão Sistemática", de Leonardo Ferreira Batista, doutorando em Administração, do PROPAD/UFPE, com orientação de Diogo Henrique Helal, pesquisador da Fundaj e Pós-doutor em Administração. O trabalho é sobre a relação entre educação e inovação social e a primeira etapa contou com uma revisão sistemática da literatura.

A próxima fase do projeto irá investigar as iniciativas aplicadas para transformar e inovar o contexto educacional. “Será uma ótima oportunidade debater o artigo com colegas pesquisadores de outras instituições. A Inovação Social tem ganhado relevância na Academia, tanto que há um Grupo de Trabalho específico para o tema. Para além do debate, minha expectativa é receber bons comentários e sugestões para o aprimoramento do artigo, que será posteriormente traduzido e submetido a um periódico internacional”, conta Diogo.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.