Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Live sobre revista de artigos científicos da Fundaj encerra ciclo de lançamentos da Editora Massangana
Início do conteúdo da página

Live sobre revista de artigos científicos da Fundaj encerra ciclo de lançamentos da Editora Massangana

Publicado: Terça, 28 de Julho de 2020, 11h14 | Última atualização em Sexta, 31 de Julho de 2020, 12h54 | Acessos: 99

Evento virtual contará com participação da editora-chefe da revista, Alexandrina Sobreira, e do editor assistente, Luis Henrique Lopes da Silva

Encerrando-se o ciclo de oito lançamentos virtuais realizados em junho e julho, a Editora Massangana da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) lança, nesta sexta-feira (31), a versão impressa do volume 43, número 2 da Revista Ciência & Trópico. O periódico da Fundaj traz discussões sobre criminologia, filosofia, antropologia, línguas e literatura. A Live de seu lançamento oficial contará com a presença da editora chefe da revista Alexandrina Sobreira e do editor assistente Luis Henrique Lopes da Silva. Mais uma vez, a transmissão acontece das 17h às 18h, no canal da Fundaj no YouTube.

“Para esta edição, ampliamos os requisitos e acrescentamos critérios internacionais de editoração científica. A cada novo processo de revisão, aplicamos regras para garantir a qualidade da revista. Com sete artigos, ela traz perspectivas alinhadas com aquilo que a Fundaj já trabalha ao longo dos anos como a questão da escravidão e da etnia”, afirmou a pesquisadora da Dipes da Fundaj e editora-chefe da revista Alexandrina Sobreira.

Classificada como de fluxo contínuo, a revista apresenta artigos de temas como: “Da Costa ocidental africana ao Brasil: caminhos da escravidão”, “Luta pela terra e processo de reforma agrária no Sertão paraibano” e “O papel da língua no fortalecimento da identidade étnica dos Xukuru da Serra de Ororubá”. Além disso, destaca-se uma pesquisa vinda da Espanha: “O idearium filosófico da hispanotropicologia de Gilberto Freyre: uma antecipação da antropologia ibero-americana”. Esse artigo trata sobre aspectos pouco falados da vida do fundador da Fundaj.

Neste período de pandemia, o conhecimento científico foi ainda mais valorizado na busca do combate à doença. Sendo assim, o lançamento dessa revista rica em saberes ganha ainda mais significado. “Sem o conhecimento científico, criamos uma nação engessada. A divulgação desse conhecimento faz com que mais pessoas tenham acesso e se qualifiquem cada dia mais”, destacou o editor assistente Luis Henrique Lopes da Silva.

Na capa e no verso desta edição, o periódico traz a obra do artista plástico Raul Córdula, "s/título", acrílica sobre tela, de 1992, pintura que faz parte do acervo da Fundaj. A Ciência & Trópico sempre é encapada com obras assim. Sua criação partiu do novo nome dado ao Boletim do Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais (IJNPS) que, entre os anos de 1953 e 1973, publicou 18 números, trazendo ensaios e trabalhos de cientistas sociais e pesquisadores do Brasil e do exterior. Ao longo dos anos, seu objetivo sempre foi apresentar resultados de pesquisas sociais e de reflexão teórica inovadora em todas as áreas das ciências sociais e das humanidades.

Serviço:

Lançamento virtual do volume 43, número 2 da Revista Ciência & Trópico

Data: 31 de julho de 2020
Horário: das 17h às 18h
Plataforma: canal da Fundaj no YouTube
Participações: editora chefe Alexandrina Sobreira e editor assistente Luis Henrique Lopes da Silva

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página