Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Conselho Diretor da Fundaj aprova análise de acervo sobre memória judaica no Nordeste
Início do conteúdo da página

Conselho Diretor da Fundaj aprova análise de acervo sobre memória judaica no Nordeste

Publicado: Quinta, 30 de Abril de 2020, 19h36 | Última atualização em Quinta, 30 de Abril de 2020, 19h38 | Acessos: 96
Conselheiros se reuniram por meio de videochamada nesta quinta-feira (30)
 
Proposta de análise para doação de um acervo sobre memória judaica, prevenção da COVID-19, resultados da Festa Digital do Livro e cursos digitais foram pauta da 104ª Reunião Ordinária do Conselho Diretor (Condir). Os conselheiros da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) se reuniram, por meio de vídeo chamada da plataforma Google Meet, nesta quinta-feira (30). Os pontos em questão foram aprovados por unanimidade. 
 
“Estamos abrindo mais uma reunião virtual do Conselho da Fundaj. Seguimos com o isolamento social e com o mínimo de trabalho presencial possível. Gostaria de ouvir cada diretor sobre os pontos necessários. A ata foi distribuída por e-mail e aprovada por todos”, começou o presidente da Fundaj, Antônio Campos.
 
O diretor da Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca) da Fundaj, Mário Hélio, apresentou seu parecer sobre a proposta de doação do acervo de Tânia Kaufman. “Ela oferece, gratuitamente, parte do seu acervo sobre a memória judaica no Nordeste, com pesquisas documentos, mapas, fotos e outros materiais. Devido a relevância do conteúdo, proponho que aprovemos a análise do mesmo. Assim, examinaremos e decidiremos sobre sua aceitação em nosso acervo”, sugeriu Mário. Todos os conselheiros aprovaram a proposta.
 
A crise da COVID-19 foi outro assunto tratado com bastante cuidado por todos os presentes. Na reunião, também estava presente a médica da Fundaj, doutora Cecília Carvalho. Ela reforçou as medidas de higienização e atentou para o uso das máscaras e termômetros. “Em nosso Comitê de Gestão de Crise já decidimos pelo uso obrigatório das máscaras em nossas dependências. Isso porque alguns serviços essenciais estão sendo mantidos de forma presencial na Fundaj. Além disso, em breve, vamos adquirir um termômetro infravermelho para medir a temperatura de todos que entrarem na Fundação”, afirmou o diretor administrativo da Casa, Allan Araújo.
 
A Fundação, contando com a dedicação de todos os colaboradores de maneira virtual, continua trabalhando, a todo vapor, para entregar serviço à sociedade. A Festa Digital do Livro, por exemplo, foi destacada na reunião. “Parabenizo a todos os envolvidos pelo sucesso da Festa Digital do Livro”, felicitou Antônio Campos. O diretor da Dimeca, Mário Hélio, enfatizou as condições de trabalho e os resultados positivos da programação. “Fizemos um evento pioneiro e o mérito é de toda a Fundação por completo. Com um formato ousado, planejamos tudo em três semanas e o resultado foram 18 horas de muito conteúdo de qualidade, assistido por pessoas do Brasil todo e também de outros países como Espanha e Portugal”, afirmou. 
 
Ao tratar dos cursos oferecidos virtualmente pela Fundaj, o diretor da Diretoria de Formação Profissional e Inovação (Difor), Wagner Maciel, falou sobre as plataformas que estão sendo usadas e sobre acordos com outras instituições. “Desde 2017, temos um acordo com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) o qual espiraria agora em maio. Dessa forma, oferecemos um novo acordo para que possamos ofertar qualquer curso deles, e também, certificação conjunta. Questões que não aconteciam antes”, afirmou. O diretor também comemorou o sucesso dos webinários semanais realizados pela Difor e dos cursos em andamento.
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página