Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Fundaj recebe doação de acervo do escritor pernambucano Maximiano Campos
Início do conteúdo da página

Fundaj recebe doação de acervo do escritor pernambucano Maximiano Campos

Publicado: Terça, 07 de Janeiro de 2020, 12h54 | Última atualização em Terça, 07 de Janeiro de 2020, 14h54 | Acessos: 181
 
Pai do atual presidente da Casa fez parte da história da instituição desde a sua fundação, com legado deixado para a literatura
 
A biblioteca e o acervo pessoal do escritor, poeta e cronista Maximiano Campos será doado à Biblioteca Blanche Knopf, vinculada à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), pelo presidente da instituição, Antônio Campos. A coleção soma cerca de 5 mil livros catalogados, trinta objetos pessoais de Maximiano (1941-1998),
além de antigas comendas e outros arquivos. Antes da doação, um representante da biblioteca fará uma visita técnica no local onde estão os documentos, na casa do falecido escritor pernambucano, na próxima quinta-feira (9). 
 
Bacharel em Direito, o recifense Maximiano Accioly Campos deixou um legado para a literatura com suas obras, entre elas romances, novela, contos e poesias. Pai de Antônio Campos, o escritor já foi homenageado pela Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) em 2018 por 20 anos do seu falecimento, com uma placa colocada no Edifício Paulo Guerra, no campus Casa Forte.
 
Intelectual que fez parte da história da Fundaj desde a sua fundação, Maximiano Campos acumulou uma formidável bagagem de atividades significativas na vida cultural do Estado de Pernambuco. Publicou 17 livros, além de ter sido cronista do Diario de Pernambuco e superintendente do Instituto de Documentação da Fundação Joaquim Nabuco.
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página