Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > 99ª Reunião do Condir aprova pesquisas de monitoramento, criação de equipamento cultural e oferta de cursos à distância
Início do conteúdo da página

99ª Reunião do Condir aprova pesquisas de monitoramento, criação de equipamento cultural e oferta de cursos à distância

Publicado: Quinta, 28 de Novembro de 2019, 16h58 | Última atualização em Quinta, 28 de Novembro de 2019, 16h58 | Acessos: 96

Seis das sete pautas da reunião foram aprovadas. Fundaj fará relatório de pesquisa sobre contaminação do Rio São Francisco e parceria com a ENAP na realização de cursos para servidores públicos

A 99ª Reunião Ordinária do Conselho Diretor (Condir) da Fundação Joaquim Nabuco aprovou nesta quinta-feira (28) seis das sete pautas propostas na Sala Gilberto Freyre, no campus de Casa Forte da Fundaj. Entre elas, estão o relatório final de pesquisa do risco de contaminação do Rio São Francisco pós-Brumadinho; o protocolo de intenções entre a Fundaj e a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), disponibilizando cursos à distância para servidores públicos; e a criação do Complexo Delmiro Gouveia de Memória Viva e Ação Digital.

Para iniciar a sessão, o presidente da Fundaj, Antônio Campos, tratou de alguns assuntos de ordem geral, a exemplo de sua viagem aos Estados Unidos, o Seminário Internacional Casa-Grande Severina: 120 anos de Gilberto Freyre, 100 anos de João Cabral de Melo Neto, eventos e atividades de fim de ano. Entrando na ordem do dia, o relatório final da pesquisa “Monitoramento Geoespacial do risco de contaminação do Rio São Francisco Pós-Brumadinho” foi aprovado. A pesquisa foi de caráter emergencial e esteve a par dos impactos naturais, territoriais e socioeconômicos do caso. 

A acatação seguinte homologa a aprovação do Termo de Adesão ao protocolo de intenções entre Fundação Joaquim Nabuco e Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Tendo como proponente a Diretoria de Formação Profissional e Inovação (Difor), a iniciativa visa ofertar um catálogo unificado de cursos à distância para a capacitação e aperfeiçoamento de servidores públicos no âmbito do Projeto Escola Virtual de Governo. “Nossos cursos serão executados pela Enap e divulgados pelas redes deles. Dessa forma, uma quantidade maior de pessoas poderá ter acesso aos materiais”, afirmou o diretor da Difor, Wagner Maciel.

A criação do Complexo Delmiro Gouveia de Memória Viva e Ação Digital foi o próximo tópico de aprovação na reunião, proposto pelo Gabinete da Presidência. O complexo consiste na reorganização dos equipamentos culturais pré-existentes na unidade de Apipucos, de modo a solidificar e dar visibilidade aos serviços propostos pela Fundaj nas áreas de memória e conservação.

Com relatoria do diretor de Memória, Cultura, Educação e Arte (Dimeca), Mário Hélio Gomes, o projeto de pesquisa “Dinâmica Populacional do Nordeste” e do primeiro projeto específico “Dinâmica Populacional do Nordeste: Nascer em Pernambuco” também foi aprovado. “Essa pesquisa é muito importante, pois não temos um trabalho desse porte no Nordeste”, afirmou a pesquisadora da Fundaj Cátia Lubambo.

Para dar continuidade ao evento do Núcleo de Inovação em Políticas Públicas (NISP), realizado no último dia 8 de novembro, a proposta de aprovação do projeto de pesquisa: Análise e desenvolvimento de soluções, a partir de estratégias e práticas de Inovação Social, para programas sociais selecionados foi aprovada. “Ao realizar esse projeto, a casa está cumprindo com seu dever na sociedade”, afirmou o presidente da Fundaj Antônio Campos.

O termo de adesão ao Acordo de Cooperação Técnica à Rede Federal de Inovação no Setor Público - INOVAGOV celebrado entre Tribunal de Contas da União, Ministério de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e o Conselho da Justiça Federal foi a última pauta aprovada.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página