Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Educativo do Muhne promove evento Vivência em Coco de Sala com Mestre Zezinho de Casa Amarela
Início do conteúdo da página

Educativo do Muhne promove evento Vivência em Coco de Sala com Mestre Zezinho de Casa Amarela

Publicado: Terça, 01 de Outubro de 2019, 15h45 | Última atualização em Terça, 01 de Outubro de 2019, 15h45 | Acessos: 192

Atividade gratuita está agendada para o dia 5 de outubro, das 14h30 às 16h, no campus da Fundação Joaquim Nabuco/Casa Forte

O Educativo do Museu do Homem do Nordeste, vinculado à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), realiza neste sábado (5) o evento "Vivência em Coco de Sala com Mestre Zezinho de Casa Amarela", o COCOMAN. A atividade é gratuita, tem classificação livre e acontece no Muhne, das 14h30 às 16h. Não é preciso fazer inscrição para participar do encontro.

"O 'COCOMAN' é uma oportunidade do público visitante do Muhne vivenciar uma significativa experiência da cultura pernambucana, com um artista genuinamente popular, Mestre Zezinho, trazendo o processo de ensino e aprendizagem para dentro da instituição", destacou Victor Carvalho, coordenador das ações educativas do Muhne. 

A programação contará com três momentos: conversação, convocação e manifestação. No primeiro deles, Zezinho apresentará sua história e trajetória no universo dos brinquedos, com o intuito de promover um debate sobre preservação, continuidade e reconhecimento do Coco de Sala. Em seguida, o mestre, junto ao seu grupo, irá propor ao público uma participação envolvendo dança e contato direto com os instrumentos do coco. Por fim, haverá uma tradicional roda de coco com todos os presentes.

"Essa ação é uma maneira de ampliar as formas e as práticas educativas do Muhne, tanto para o público visitante quanto para o próprio quadro de educadores do Museu, valorizando tanto a manifestação do Coco em si como o próprio artista. Será um encontro recheado de histórias e cantorias de vida do Mestre Zezinho e seus companheiros", ressaltou Victor.

Mestre Zezinho de Casa Amarela

Cantador do Coco de Sala, Zezinho é atualmente o mais antigo representante desta vertente quase extinta da cultura popular. Natural de Casa Amarela, no Recife, o mestre começou sua carreira na cantoria através do mestre Dunda e do mestre João Vieira, que o apadrinharam no brinquedo. 

Zezinho também marcou seu nome no maracatu rural de baque solto como caboclo de lança. Ele é remanescente de uma geração de grandes cantadores, mas tem se reinventando para tornar possível a continuidade do brinquedo. O mestre vem contribuindo para a produção de documentários, artigos científicos, oficinas e vivências pedagógicas de Coco de Sala, dentro e fora da comunidade.

No ano passado, o mestre Zezinho recebeu o Prêmio de Culturas Populares do Ministério da Cultura (MinC). Aos 83 anos de idade, ele está gravando seu primeiro disco, pretendendo lançá-lo durante os festejos juninos de 2020 para contar sua história e trazer a memória de seus mestres e irmãos de cantoria para um público mais amplo.

SERVIÇO

Data: 05/10/2019 (sábado)

Horário: 14h30 às 16h

Local: Museu do Homem do Nordeste (Muhne), no campus Casa Forte da Fundaj - Av. Dezessete de Agosto, 2187

Não é necessária inscrição (classificação livre)

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página