Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Pautas aprovadas na 93ª Reunião do Condir
Início do conteúdo da página

Pautas aprovadas na 93ª Reunião do Condir

Publicado: Quinta, 27 de Junho de 2019, 19h07 | Última atualização em Quinta, 27 de Junho de 2019, 19h47 | Acessos: 114

Itens foram o relatório final de pesquisa sobre educação no semiárido e curso sobre o tema, nomeação do auditor e a criação do Núcleo de Inovação Social em Políticas Públicas 

 

Os quatro itens levados à apreciação dos conselheiros na 93ª Reunião do Conselho Diretor da Fundação Joaquim Nabuco, realizada nesta quinta-feira na Sala Gilberto Freyre, foram aprovados. Seguindo a ordem do dia, após a abertura da sessão realizada pelo presidente da Fundaj, Antônio Campos, o primeiro tema foi a aprovação de relatório final da pesquisa "Educação para a convivência com o Semiárido Brasileiro: realidade na prática pedagógica".

Com relatoria de Cátia Lubambo, o processo foi aprovado por unanimidade, diante da relevância do tema. O relatório é fruto da pesquisa coordenada pelas servidoras da Fundaj Edilene Pinto e Janirza da Rocha Lima, tendo sido enviado pela Diretoria de Pesquisas Sociais (Dipes) para apreciação do Condir. Foi considerado que a pesquisa oferta à sociedade resultados de interesse para a educação e o desenvolvimento regional.

“Na casa de Joaquim Nabuco a educação será tratada como prioridade, seguindo as diretrizes do Ministério da Educação. Educação é a nova abolição. E tratar esse tema de forma regionalizada fará toda a diferença”, ressaltou o presidente Antônio Campos.

O segundo item da pauta do dia foi a nomeação do servidor da casa Widsor Coelho Cavalcanti para o cargo de auditor-chefe, função que estava vaga há seis meses. Com parecer do diretor da Dipes, Carlos Osório, a pauta foi aprovada. O terceiro ponto da tarde foi a proposta do Curso de Formação Continuada em Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido, que integra o Programa de Ações para a Educação no Semiárido, coordenada por Edilene Pinto e Janirza Lima. Com relatoria de Cátia Lubambo, também foi aprovado por todos.

O quarto item da pauta do dia do Condir foi a criação do Núcleo de Inovação Social em Políticas Públicas, uma proposta do diretor Carlos Osório  que teve como relator o diretor de Memória, Educação, Cultura e Arte, Fernando Halinsk.  

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página