Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Solenidade de posse de Antônio Campos na Fundaj
Início do conteúdo da página

Solenidade de posse de Antônio Campos na Fundaj

Publicado: Sexta, 14 de Junho de 2019, 15h57 | Última atualização em Sexta, 14 de Junho de 2019, 15h59 | Acessos: 341

Ministro da Educação, Abraham Weintraub, participará da cerimônia que será realizada no Cinema do Museu, campus Casa Forte, na segunda-feira (17), às 15h30

A solenidade de posse no presidente da Fundação Joaquim Nabuco, o advogado e escritor Antônio Campos, será realizada na próxima segunda-feira (17), às 15h30, no Cinema do Museu, campus Casa Forte. O ministro da Educação, Abraham Abraham Weintraub, participará da cerimônia. “Nesta primeira semana na casa já abri diálogo com servidores, ouvidoria, procuradoria. Minha gestão será marcada pela transparência e trabalho focado na educação, na cultura, na colocação da Fundaj no mundo digital e em sua internacionalização”, destacou o presidente, cuja posse formal foi realizada no dia quatro deste mês no gabinete do ministro Abraham Weintraub, em Brasília.

Antônio Campos implementará o termo de cooperação assinado com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A aplicação de recursos e capacitação de gestores municipais são algumas das ações que serão fomentadas pela Fundaj, que se firmará como um braço operativo do FNDE na região. “Daremos orientação sobre a aplicação dos recursos, por meio de pesquisas de monitoramento. Também treinamento e capacitação para os gestores municipais”, destaca Antônio Campos.

As pesquisas para abalizar a destinação dos recursos serão realizadas pela Diretoria de Pesquisas Sociais (Dipes). Já os cursos para os gestores municipais serão oferecidos por meio da Escola de Inovação e Políticas Públicas (EIPP). A iniciativa andará conjuntamente com o plano de desenvolvimento para o Nordeste. O orçamento do FNDE previsto para este ano é de R$ 55 bilhões.

Celebrações

O presidente assume a casa em um ano de comemorações. Em 21 de julho serão celebrados os 70 anos da Fundaj e os 40 anos do Museu do Homem do Nordeste (Muhne). Foram criadas as medalhas Joaquim Nabuco, pela Fundaj, e Gilberto Freyre, pelo Muhne. Serão entregues 110 medalhas a servidores, instituições e personalidades. No mesmo dia, pela manhã, será realizada no Engenho Massangana, onde Nabuco viveu parte de sua infância, o lançamento dos selos Joaquim Nabuco e Gilberto Freyre. Já no dia 19 de agosto a Fundação será homenageada na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Currículo

Membro da Academia Pernambucana de Letras e jornalista credenciado pela Associação Brasileira de Imprensa, Antônio Campos, tem uma ligação cultural e sentimental com a Fundação. Seu pai, Maximiano Campos, em conjunto com Gilberto Freyre, ajudou a fundar o Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais e, posteriormente, assumiu a superintendência do Instituto de Documentação, onde adquiriu e preservou a memória da Fundaj.

Com 17 livros publicados, entre eles a trilogia Pernambuco em Antologias, com mais de duas mil páginas, além de agraciado com diversas comendas, como a Medalha Raimundo Faoro, e de distinções culturais e jurídicas, como o cargo de Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Antônio Campos, 50 anos, exercer a advocacia há 28.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página