Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Fundaj promove lançamento do livro “Suape: desenvolvimento em questão”, na Villa Digital

 A Fundação Joaquim Nabuco, o Observatório Pernambuco de Políticas Públicas e Práticas Socioambientais, e o Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Políticas Públicas (Laept/UFPB), realizam no dia 15 de outubro o lançamento do livro “Suape: desenvolvimento em questão” pela Editora Massangana. Na ocasião do lançamento os autores da pesquisa farão uma breve apresentação acerca da obra e em seguida será aberto um momento para coquetel e autógrafos. O evento ocorre às 15 horas, na Villa Digital da fundação.

O livro, dos autores e pesquisadores Helenilda Cavalcanti, Maria Ângela de Almeida Souza e Roberto Véras de Oliveira, é resultado de uma ampla pesquisa interdisciplinar com propósito de trazer os resultados dos impactos do Complexo Industrial Portuário de Suape (CIPS), principalmente nos municípios do Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca, tratando sobre temas como migração, novas territorialidades, trabalho, condições de moradia, violência, identidade e bem-estar social. Os processos migratórios no contexto do acelerado crescimento econômico, as relações de trabalho e condições de moradias na região são os principais eixos que conduzem a pesquisa. A partir de metodologia aplicada de caráter qualitativo e quantitativo, os pesquisadores coletaram informações para chegar aos seus resultados, primeiro por uma pesquisa qualitativa de observação antropológica realizada em 2013, uma pesquisa de “sondagem” em cerca de 5.000 domicílios urbanos nos municípios da área de influência direta do CIPS, realizada em 2014, e por fim uma pesquisa de campo amostral nos domicílios urbanos identificados com pelo menos um migrante, realizada também em 2014.

A publicação tem um público alvo voltado para a pesquisa na área das ciências políticas e ciências sociais, estudantes de pós-graduação, gestores, prefeituras do Território Estratégico de Suape e empreendedores do Complexo Portuário, mas também é endereçado a qualquer leitor que apresente interesse em saber sobre os principais problemas que colocam em risco o caráter sustentável de um projeto de desenvolvimento realizado a todo custo, já que a obra dá sugestões no âmbito dos setores públicos e privados e da sociedade como um todo para o enfrentamento desses desafios. É inegável que o complexo de Suape teve impacto direto no crescimento do estado nos últimos dez anos, porém o livro faz o leitor se questionar até que ponto esse crescimento foi válido, se é de fato um crescimento real e permanente, se trouxe mais benefícios do que malefícios, ou seja o livro analisa acerca dessas questões e se endereça a qualquer um que tenha interesse por essas respostas. "O livro ‘Suape: desenvolvimento em questão’ é de grande importância para a Editora Massangana e para a Fundaj, porque é um livro que aborda todo o Complexo de Suape, no sentido de apontar para os seus benefícios, como a expansão comercial, o aumento de empregos e da população em seu entorno, mas também trata das suas contradições. Se por um lado o porto beneficiou o Nordeste e o estado de Pernambuco, também gerou questões sociais de magnitude, como mais pobreza e comércio ilegal, então se trata de um livro que aborda questões econômicas, políticas e sociais, o que o torna de suma importância até para o futuro.” esclarece Joana Cavalcanti, chefe de gabinete da Fundação e representante da Editora Massangana.

O livro é um registro significativo para o entendimento do leitor acerca das inflexões e evoluções que marcaram a criação do Porto de Suape, a conjuntura, suas expectativas, suas contradições e a potencial capacidade desse território em continuar a irradiar conexões locais, estaduais, nacionais e internacionais para o crescimento econômico de Pernambuco e da região Nordeste. “O livro é atual para reflexão sobre o que era possível ter sido evitado para que um projeto de desenvolvimento da envergadura do Complexo Industrial Portuário de Suape pudesse ter sido melhor sucedido. Sabemos que o que era visto como esperança e entusiasmo pela população transformou-se em incerteza, frustração e perda de qualidade de vida. São questões que nos afligem como cidadãos e pesquisadores. Acreditamos que o tema de Suape é apropriado para os leitores, pois ele traz para o seu público uma oportunidade para pensarmos o nosso momento social e político.” explica Helenilda Cavalcanti, pesquisadora da Fundação e uma das autoras da obra.

 

SERVIÇO

Lançamento do livro Suape: desenvolvimento em questão
Data: 15 de outubro
Horário: 15 horas
Local: Fundaj/Apipucos. Rua Dois Irmãos, 92

Navegando em: :: Outras Notícias Fundaj promove lançamento do livro “Suape: desenvolvimento em questão”, na Villa Digital