Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Seminário de Tropicologia debate impacto das hidrelétricas na Amazônia

Em um cenário no qual o impacto ambiental é cada vez mais questionado, a Amazônia ocupa um lugar central. Maior reserva de biodiversidade do planeta, a Floresta Amazônica desempenha um papel importante no mundo e ainda maior no Brasil. Justamente focado neste tema, o 411º Seminário de Tropicologia, promovido pela Fundação Joaquim Nabuco, recebe, no dia 31 de julho, o pesquisador norte-americano Philip Martin Fearnside, que debaterá os “Impactos das hidrelétricas na Amazônia e a tomada de decisão”.

Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), situado em Manaus, desde 1978, ele é autor de mais de 600 publicações sobre meio ambiente e desenvolvimento; entre elas os livros: "A Floresta Amazônica nas Mudanças Globais", "Capacidade de Suporte Humano da Floresta Amazônica" e "A Ocupação Humana de Rondônia". Desde 1974 estuda problemas ambientais na Amazônia brasileira.

"Os assuntos de impactos de barragens, a maneira de tomar decisões e o futuro da Amazônia são todos de suma importância para todo Brasil. A história recente e os planos atuais para barragens na Amazônia mostram que os impactos são muito maiores e os benefícios muito menores do que é alegado e divulgado. As decisões, além de enviesadas, são tomadas antes de levantar as informações sobre impactos, indicando que o sistema de tomar decisões sobre obras como essas precisa mudar", aponta Fearnside.

Em 2004, Philip foi vencedor do Prêmio da Fundação Conrado Wessel na área de Ciência Aplicada ao Meio Ambiente. Em 2006, recebeu do Ministério do Meio Ambiente o Prêmio Chico Mendes com 1º lugar na área de Ciência e Tecnologia. Ainda no mesmo ano, foi identificado pelo Instituto de Informações Científicas como sendo o segundo mais citado cientista no mundo na área de aquecimento global.

SERVIÇO
411º Seminário de Tropicologia - "Impactos das hidrelétricas na Amazônia e a tomada de decisão"
Data: 31 de julho de 2018
Hora: 10h
Local: Sala Gilberto Freyre, Fundaj Casa Forte. Av. 17 de Agosto, 2187.


Navegando em: :: Outras Notícias Seminário de Tropicologia debate impacto das hidrelétricas na Amazônia