Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Evento debate ecomuseus e museus comunitários na Fundaj

Para analisar o panorama dos museus comunitários no Brasil, o IV Seminário dos Programas Institucionais trouxe nesta quarta-feira (20) o debate da participação social nos museus para a sala Calouste Gulbekian, da Fundaj Casa Forte. Na parte da manhã, a convidada da mesa foi a Mestra em Museologia pela Universidade de São Paulo (USP), Suzy da Silva Santos, que apresentou os resultados de sua pesquisa “Ecomuseus e museus comunitários no Brasil: estudo exploratório de possibilidades museológicas.”

"Qual palavra vêm a mente de vocês quando pensam em museu de comunidade?" provocou. Segundo ela, pensar na construção teórica é pensar como a diversidade de olhares sobre algo é um fio condutor para uma pesquisa. Ela utilizou essa pluralidade em seu trabalho, pioneiro na área, para mapear de forma abrangente os museus comunitários.

Expondo toda metodologia de compilação de teóricos, fontes e reflexões, Suzy pontua a diferença entre uma museologia que conscientiza, e uma museologia que é realmente a expressão de um movimento social. Como mulher negra, levou sua bagagem para enxergar o assunto de dentro “Quando comecei a pesquisar, já tinha uma ideia pronta sobre museus comunitários e olhava com olhar de julgamento para algumas iniciativas. Na verdade eu não estava observando o que aquelas pessoas entendiam como comunidade.”

A mestra exibiu no seminário a metodologia de sua pesquisa de forma sintética. As diferenças entre termos e conceitos, seguido de mapeamentos e contextualizações, finalizando com uma análise geral e as reflexões finais. “O que eu enxerguei nessas iniciativas foi uma potência, que trouxe contextos de vida como uma força para a pesquisa.” Para ela, é essencial entender o que foi o movimento, integrar experiências de diferente campos de conhecimento e práticas cotidianas de memória e preservação para realmente pensar na museologia social como um agente transformador.

A coordenadora do encontro e pesquisadora da Divisão de Estudos Museais e Ações Comunitárias do Museu Homem do Nordeste, Silvia Barreto, destaca a participação do Museu do Homem do Nordeste como serviço à comunidade. “Como temos um museu público, estatal, que se pretende representar a diversidade do ser nordestino, a gente precisa aumentar a diversidade de vozes nessa exposição de longa duração.”

Painel
Durante a tarde, o evento continuou, com um debate iniciado por Givanildo Ferreira, doutorando em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Ele abordou seu projeto de pesquisa de dissertação, desenvolvido a partir de uma análise etnográfica sobre a relação de poder entre a produção de conhecimento autodidata, realizado pelo ex-pescador, hoje colecionador e pesquisador, Josué Crispim, e o conhecimento acadêmico.

"O objetivo do estudo é analisar e refletir a produção do conhecimento, sua apropriação, visualizando- a de forma positiva, desmistificando o monopólio que regulamenta a difusão do conhecimento acadêmico como única forma de construção científica, além de indicar possíveis caminhos para a redução da normatividade nos campos disciplinares", ressaltou Givanildo.

Dando continuidade, Suzy da Silva Santos comentou um pouco mais sobre sua pesquisa “Ecomuseus e museus comunitários no Brasil: estudo exploratório de possibilidades museológicas”, enfatizando sobre como vários lugares do Brasil ainda possuem poucos museus e questionando por quais motivos isso ocorre.

Henrique Cruz chefe da Divisão de Estudos Museais e Ações Comunitárias do Museu do Homem do Nordeste encerrou o evento com a apresentação do artigo Cenário dos Museus Comunitários no Nordeste do Brasil - Primeiras impressões, realizado com Cláudia Braga.  "Precisamos abrir espaço para as pessoas da área para que elas conheçam os museus, suas características e os estudiosos responsáveis para que possamos assim abranger uma quantidade maior de visitantes", comentou Henrique.

Navegando em: :: Outras Notícias Evento debate ecomuseus e museus comunitários na Fundaj