Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Sala de aula da EIPP da Fundaj receberá nome de Sebastião Vila Nova

A Fundação Joaquim Nabuco prestará uma homenagem ao sociólogo Sebastião Vila Nova, dando o seu nome a uma sala de aula da Escola de Inovação e Políticas Públicas (EIPP), na Fundaj Derby, após a reinauguração do prédio. O pesquisador, escritor e professor exerceu a maior parte da sua trajetória profissional na Fundação Joaquim Nabuco e faleceu em janeiro de 2018, aos 72 anos.

De acordo com Luíz Otávio Cavalcanti, presidente da Fundaj, iniciativas como essa acrescentam vida e brilho ao trabalho realizado na instituição. “Sebastião prestou um trabalho belíssimo na Fundação e é isso que buscamos. Queremos sempre somar os valores de quem passa por aqui, focando no presente, mas também sem esquecer do passado”, destacou.

Nascido em Rio Largo, Alagoas, em 1944, Vila Nova graduou-se em Ciências Sociais e ingressou na Fundaj em 1977, onde trabalhou durante 26 anos. Realizou diversas pesquisas, participou da superintendência do Instituto de Tropicologia, onde contribuiu para o debate de temas relevantes no campo do estudo das relações no trópico. Dirigiu também o Departamento de Sociologia da Fundação, cargo no qual imprimiu a força de seu talento como pensador e escritor, além dessas atividades, também editou a revista Ciência e Trópico, acentuando sua capacidade de trabalho e zelo com a produção científica na Fundaj.

Em 2015, a Fundaj recebeu todo o acervo da biblioteca do sociólogo. O material (com 1131 títulos) foi cedido pela esposa de Sebastião, Maria do Carmo Bione de Melo.

Navegando em: :: Outras Notícias Sala de aula da EIPP da Fundaj receberá nome de Sebastião Vila Nova