Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Cinema da Fundação/Museu recebe o X Janela Internacional de Cinema do Recife

O Cinema da Fundação/Museu abre as suas portas para o Festival Janela Internacional de Cinema do Recife. Na 10ª edição do evento, que ocorre de 3 a 12 de novembro, serão exibidos 120 filmes de 50 países que formam um panorama contemporâneo e de clássicos do cinema mundial. Marcado pelo tema ‘Heroínas’, o festival traz retrospectiva da diretora argentina Lucrecia Martel, o programa especial L.A. Rebellion, e a competição de dez longas de 11 países.

Ampliando as ações de formação, o Janela também oferece também duas Master Classes, sediadas pelo Cinema da Fundação, com Lucrecia Martel e com o vencedor da Palma de Ouro, o cineasta francês Laurent Cantet. “Temos uma parceria de muito tempo com o festival. Nesta 10ª edição, estamos muito contentes em sediar as duas Master Classes com cineastas de renome que irão conversar com o público”, destaca o curador do Cinema da Fundação, Ernesto Barros.

A vinda de Lucrecia Martel é uma das atividades mais aguardadas desta edição e será mediada pelo cineasta Kleber Mendonça Filho, idealizador e curador do evento. A filmografia da diretora será revisitada a partir da exibição de seu novo filme, Zama (2017), que estreou no Festival de Veneza, e de seus três longas anteriores: O Pântano (2001), A Menina Santa (2004) e A Mulher sem Cabeça (2008).

Assim como nos outros anos, o Janela traz mostras competitivas de longas-metragens e curtas-metragens, programa de clássicos e seleções especiais. Filmes, oficinas, palestras e convidados brasileiros e estrangeiros ocuparão ao longo dos dez dias, além do Cinema da Fundação, o Cinema São Luiz.

Confira a programação completa do festival no Cinema da Fundação/Museu:

SEXTA (03)
16h | ABERTURA CLÁSSICOS: Victor Victoria, de Blake Edwards – 133 min
18h30 | CLÁSSICOS: Suspiria, de Dario Argento – 100 min

SÁBADO (04)
11h | UM ENCONTRO COM LUCRECIA MARTEL – 120 min
13h50 | CINELATINO: Pequenas Historias da América Latina – 54 min
15h | CLÁSSICOS: Jeanne Dielman, 23, Quai du Commerce, de Chantal Akerman – 201 min + Surpresa
18h40 | LUCRECIA MARTEL: O pântano – 103 min + apresentação
20h45 | ESPECIAL: Modo de produção, de Dea Ferraz, 75 min + debate

DOMINGO (05)
11h | UM ENCONTRO COM LAURENT CANTET – 120 min
14h30 | CLÁSSICOS: Uma canta, a outra não, de Agnès Varda – 120 min
16h45 | COMPETITIVA LONGAS: Baronesa, de Juliana Antunes – 73 min
18h15 | ESPECIAL: Camocim, de Quentin Delaroche – 76 min + debate
20h15 | CLÁSSICOS: As lágrimas amargas de Petra Von Kant, de Rainer Werner Fassbinder – 124 min

SEGUNDA (06)
14h | COMPETITIVA CURTAS NACIONAL 1: Em caso de fim de mundo – 84 min
15h40 | Reprise COMPETITIVA LONGAS: As boas maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra – 135 min
18h10 | L.A. REBELLION: Dando um rolê, de Larry Clark – 105 min
20h10 | COMPETITIVA CURTAS INTERNACIONAL: Tudo como devia estar, 83 min

TERÇA (07)
14h40 | Reprise COMPETITIVA CURTAS NACIONAL 2: Tomar os Tronos – 82 min
16h15 | L.A. REBELLION: Curtas 2: Nesse meio tempo – 81 min
18h15 | ESPECIAL: Organismo, 96 min + debate
20h30 | TOCA O TERROR: Curtas Brasileiros – 82 min

QUARTA (08)
14h20 | Reprise COMPETITIVA CURTAS NACIONAL 3: Se essa rua fosse minha – 78 min
16h | COMPETITIVA LONGAS: O gênero, de Klim Kozinsky – 61 min
17h15 | COMPETITIVA LONGAS: O Peixe, de Martin Verdet – 82 min
18h50| reprise COMPETITIVA LONGAS: Verão 1993, de Carla Simón – 97 min
20h45 | Reprise CLÁSSICOS: Tudo que o céu permite, de Douglas Sirk – 89 min

QUINTA (09)
15h | Reprise COMPETITIVA LONGAS: Era uma vez Brasilia, de Adirley Queirós – 100 min
17h | Reprise COMPETITIVA CURTAS NACIONAL 4: Nada será como antes – 80 min
18h40| Reprise L.A. REBELLION: Filhas do Pó, de Julie Dash – 105 min
20h40| COMPETITIVA LONGAS: A noite, de Edgardo Castro – 135 min

SEXTA (10)
15h | CINELATINO: Occitanie – 96 min
17h | reprise COMPETITIVA LONGAS: O gênero, de Klim Kozinsky – 61 min + Curta Armageddon 2 – 5 min
18h30 | LUCRECIA MARTEL: A mulher sem cabeça – 87 min
20h20 | L.A. REBELLION: Cinzas e brasas, de Haile Gerima – 129 min
.
SÁBADO (11)
14h | ESPECIAL: Pela Janela, de Caroline Leone – 96 min
15h50 | ESPECIAL: 120 batimentos por minuto – 144 min
18h30 | ESPECIAL: Prelúdio da Fúria, de Gilvan Barreto – 60 min + debate “Caça e censura às artes”
20h30 | reprise COMPETITIVA LONGAS: Jovem Mulher, de Leonor Seraille – 97 min

DOMINGO (12)
14h | L.A. REBELLION: O casamento do meu irmão, de Charles Burnett – 115 min
16h10 | ESPECIAL CURTAS BRASIL: 3 maneiras de dizer não – 67 min + debate
18h | reprise COMPETITIVA LONGAS: A noite, de Edgardo Castro – 135 min
20h30 | reprise L.A. REBELLION: Bush Mama, Haile Gerima – 97 min

Tarifa geral no Cinema da Fundação/Museu: R$ 7 (preço único); os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria.
Tarifa das Master Classes: R$ 10 (preço único); os ingressos podem ser adquiridos, exclusivamente, na plataforma Sympla (www.sympla.com.br)

Navegando em: :: Outras Notícias Cinema da Fundação/Museu recebe o X Janela Internacional de Cinema do Recife