Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Editora Massangana impulsiona projeto de internacionalização da Fundaj com participação em feira internacional

O projeto de internacionalização da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), instituição vinculado ao Ministério da Educacao, ganhou força com a participação da Editora Massangana na I Feira Internacional de Livro Universitário. Realizada no Centro de Exposições da Universidade Nacional Autônoma do México (Unam), durante sete dias a feira reuniu 40 editoras de 12 países em 66 estandes.

A Fundaj teve seu espaço de divulgação montado no estande da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (Abeu), que contou com o apoio do MEC e do Ministério das Relações Exteriores. “Apresentamos nossos títulos para a comunidade internacional e firmamos parceria com a embaixada do Brasil no México, com o intuito de inserir a literatura pernambucana no conteúdo das aulas de língua portuguesa para mexicanos”, detalhou o coordenador de Cooperação Internacional da Fundaj, Marcello Costa.

A Editora Massangana apresentou 12 títulos de nível universitário durante a feira. O presidente da Abeu, Marcelo de Renzo, destacou a qualidade dos títulos produzidos pela editora da Fundacao Joaquim Nabuco. “As publicacaoes da Editora Massangana se sobressaem no mercado editorial pela qualidade, principalmente no que se refere ao acabamento dos livros. Trata-se de um trabalho diferenciado”, afirmou.

De acordo com Marcelo de Renzo, o mercado de livros universitários comercializa 60 mil exemplares por ano. A média histórica, ressaltou, é de que cada editora venda 500 livros neste mesmo período. “Estamos produzindo 2,1 mil novos títulos a cada ano na área técnica e científica. Uma média de 17 livros por cada um de nossos 122 associados”.

A Abeu conta com 122 editoras associadas, entre elas a Massangana. Para Marcelo de Renzo, a participação da editora da Fundação Joaquim Nabuco em eventos internacionais a projeta para o mundo. “Em feiras de livros como essa do México, temos a oportunidade de observar o que está sendo feito nos outros países, aprender com essas experiências e melhorar o nosso trabalho”, completou.

Parceria

A Fundaj também firmou parceria com o Centro Cultural do Brasil no México. Serão doados livros da Editora Massangana para a biblioteca do centro. Os exemplares serão usados nas aulas de língua portuguesa oferecidas pelo Centro Cultural, que tem 200 alunos. A diretora do Centro Cultural, Ana Gilka Duarte, comentou sobre a importância desses exemplares. “Com esses títulos podemos ampliar o conhecimento de nossos alunos mexicanos que têm interesse em aprender nossa língua”. Além da biblioteca do espaço, os livros serão distribuídos para as cerca de 20 universidades mexicanas onde há ensino da língua portuguesa.

Internacionalização 

Dentro do processo de internacionalização, a editora já enviou livros para a Colômbia e os Estados Unidos. Também está em contato com outras universidades para envio do material a partir do próximo ano. Para isso, a Fundaj está analisando, junto às instituições estrangeiras, quais livros serão remetidos – todos devidamente traduzidos.

No Brasil, a Editora Massangana conta com o apoio do Ministério da Educação para adequar as publicações para o ensino médio e técnico para serem distribuídas em todo o país, assim como acontece com universidades e bibliotecas públicas em todo território nacional.

Navegando em: :: Outras Notícias Editora Massangana impulsiona projeto de internacionalização da Fundaj com participação em feira internacional