Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Fundaj agora no mobile, com aplicativo próprio

por Juliana Costa*

O uso do telefone celular se consolida como o principal meio para acessar a Internet no Brasil: 70% desse acesso é feito via mobile, segundo o IBGE em pesquisa de 2015. Pensando nisso, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) começou a desenvolver, há três meses atrás, o Fundaj mobile, aplicativo de celular com acesso direto à página da instituição e desenvolvido exclusivamente pelo setor de Informática (TI) da casa.

"Esse é um projeto coletivo, que compreende todas as áreas da Fundação. Tudo aquilo que compreende o todo, o conjunto da Fundação, é o elemento para criar elos, reforçar a cultura da casa, a cultura de cooperação", comenta o presidente da instituição, Luiz Otávio Cavalcanti, que aproveita para desejar boa sorte e parabenizar a TI pelo trabalho.

A proposta veio como iniciativa do coordenador de Tecnologia da Informação, Jan Souto Maior, que aposta no princípio da cooperação para o sucesso do aplicativo. "É uma forma que a gente encontrou de exibir a Fundação Joaquim Nabuco e o que ela faz, procurando os principais produtos da Fundaj e dando mais uma ferramenta de acesso para a população, trazendo de volta para a sociedade o investimento que ela faz na nossa instituição", apresenta Jan.

O aplicativo, que vai ao ar no dia 1º de julho, em sua versão beta, para os sistemas operacionais Android e iOS, vai procurar trazer um pouco de cada elemento da casa, funcionando como ferramenta de divulgação das diversas faces da Fundaj. No menu inicial do app, por exemplo, encontraremos o ícone referente ao Cinema do Museu, que disponibiliza a programação da semana, trailers de filmes e o serviço do cinema, como horário de funcionamento e preço dos ingressos. Outros ícones interessantes são o da Editora Massangana, com lançamentos de livros, os Eventos e Notícias, vinculados ao site da instituição, o Multimídia, com vídeos disponíveis do canal da Fundação no YouTube, e o Villa Digital, que facilita a pesquisa de músicas, livros e fotos no acervo da Fundaj.

A ideia vem com ineditismo dentro do Ministério da Educação (MEC), que não possui um aplicativo único que abranja todas as áreas da instituição. A iniciativa do Fundaj mobile é motivo de orgulho para o setor de TI, já reconhecido como referência de qualidade dentro do MEC, mas contará com a ajuda de todos os servidores e pesquisadores em sua contínua construção. "A instituição merece uma vitrine melhor, merece estar à frente. Esse é uma contribuição da área de TI para a Fundaj. É um crescimento que deve ser feito em conjunto e paulatinamente", concluiu Alexsandro Diniz, analista e participante da equipe de Tecnologia da Informação da Fundação.

O aplicativo estreia em sua versão beta por ainda precisar de alguns ajustes — feitos ao lado dos representantes de cada área da Fundação —, mas promete vir como um agente provocador de uma onda positiva para a instituição.

 


*Estagiária de Jornalismo da Ascom/Fundaj

Navegando em: :: Outras Notícias Fundaj agora no mobile, com aplicativo próprio