Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Documento acerca do impacto da crise econômica sobre a Região Nordeste é concluído

Dá-se por concluída a portaria nº200, de 27 de outubro de 2016, que teve como proposta a produção de um documento sobre o impacto da crise econômica em relação à Região Nordeste.

Sob demanda do Presidente da Fundação Joaquim Nabuco e com abordagem considerando o artigo 43 da Constituição, que caracteriza o desenvolvimento e redução das desigualdades sociais das regiões brasileiras, elaborou-se a pesquisa Nordeste: uma prioridade nacional sob risco.

O documento foi resultado do trabalho dos servidores Wilson Fusco e Isabel Pessoa de Arruda Raposo e dos convidados Abraham Benzaquen Sicsú e Clemente Rosas Ribeiro.

Através da análise do contexto econômico, político e social da Região Nordeste, o documento afirma que "a Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), no seu dever funcional, e com a presteza que a situação exige, lança o seu olhar sobre esse quadro, e apresenta à sociedade e às lideranças políticas do país as suas observações e recomendações".

Como resultado da análise, percebeu-se, segundo a pesquisa, a deficiência na prática dos princípios constitucionais que visam o tratamento diferenciado da Região, considerando sua realidade periférica.

O documento se conclui afirmando que “não se pode aceitar o argumento de que a fase recessiva que o país atravessa justifique a quebra ou o descumprimento desses preceitos. O Nordeste não se recusa a assumir a sua quota de sacrifícios para a recuperação da economia nacional. Mas que esse sacrifício seja adequado às suas debilidades, ainda em processo de superação”.

Para consultar o documento completo, clique aqui.

Navegando em: :: Outras Notícias Documento acerca do impacto da crise econômica sobre a Região Nordeste é concluído