Fundação Joaquim Nabuco

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Memória Institucional

Preservar e difundir a memória histórica e documental, estimulando estudos e pesquisas, é a razão de ser da Diretoria de Documentação da Fundação Joaquim Nabuco. Sob sua guarda, além do valioso acervo do Museu do Homem do Nordeste, estão os acervos não menos valiosos da Biblioteca Central Blanche Knopf e do Centro de Documentação e Estudos da História Brasileira – Cehibra. Ocorre que a Fundaj — por sua história de seis décadas, por seu patrimônio arquitetônico, pelas ações que pioneiramente realizou no Norte e Nordeste do País — também é, ela própria, enquanto instituição, uma fonte permanente de memória e cultura.

Foi pensando assim que a Didoc criou este espaço virtual. Nele você vai encontrar, sob o ponto de vista histórico, a vida de uma instituição que não parou no tempo e construiu, em diversas áreas, uma rica biografia cultural.

Iniciando este ponto de encontro entre passado e presente, três textos documentais registram essa multifacetada memória. O primeiro — Dossiê de criação do Instituto Joaquim Nabuco — reproduz, dentre outros documentos, o discurso de Gilberto Freyre na Câmara Federal ao propor, em 1948, a criação do antigo Instituto Joaquim Nabuco. O segundo, assinado pela bibliotecária e servidora Lúcia Gaspar, registra as origens e a história da Biblioteca Central Blanche Knopf. Finalmente, o terceiro, de autoria da arquiteta Sônia Machado, servidora da Didoc, revela, à luz da história e da arte da arquitetura, o diversificado patrimônio imobiliário da Fundaj, cujo valor estético e documental faz da Instituição um espaço privilegiado de convivência e trabalho.

:: Dossiê de criação do Instituto Joaquim Nabuco.
:: Biblioteca Central Blanche Knopf: Um Resgate Histórico.
:: Janelas para a História: defendendo e preservando a memória arquitetônica da Fundaj. 
:: Memória Editorial Fundação Joaquim Nabuco 1999-2008.
:: Fundação Joaquim Nabuco 60 Anos: Fontes para a sua história, 1949-2009.

Navegando em: Home